Arquivo

Archive for the ‘Mistério’ Category

ARRASTA-ME PARA O INFERNO – 2009 (Drag Me To Hell)

Um dos Melhores Filmes de Terror dos Últimos Tempos!

drag_me_to_hell Gênero: Terror, Suspense

Censura: 13 anos

Duração: 99 min

Direção: Sam Raimi

Com: Alison Lohman, Justin Long, Lorna Raver, Dileep Rao, David Paymer

Local de Filmagem: 20th Century Fox Studios – 10201 Pico Blvd., Century City, Los Angeles, California, USA; California State University Northridge – 18111 Nordhoff Street, Northridge, Los Angeles, California, USA; Los Angeles, California, USA; Tarzana, Los Angeles, California, USA e Union Station – 800 N. Alameda Street, Downtown, Los Angeles, California, USA

Produção: Ghost House Pictures e Sam Raimi

Roteiro: Ivan Raimi e Sam Raimi

Distribuidora: Universal Picture

 

QUEM É QUEM

Christine Brown é interpretada por Alison Lohman Gamer (2009), Beowulf (2007) e Big Fish (2003).

Clay Dalton é interpretado por Justin LongHe’s Just Not That Into You (2009), Jeepers Creepers (2001), Jeepers Creepers II (2003), Live Free or Die Hard (2007), Funny People (2009) e After.Life (2010).

Jim Jacks é interpretado por David PaymerOcean’s Thirteen (2007), Resurrecting the Champ (2007) e In Good Company (2004).

Rham Jas é interpretado por Dileep RaoAvatar (2009) e Inception (2010).

Sylvia Ganush é interpretada por Lorna Raver – O último trabalho dela, antes desse terror foi Walkout (2006), o restante são séries de TV, interpretando personagens coadjuvantes, nada que marcasse sua participação.

drag_me_to_hell_movie_image_alison_lohman1

SINOPSE

Christine Brown é uma ambiciosa agente de crédito de um banco em Los Angeles, ela tem um super namorado e um futuro brilhante. Mas em três dias, ela vai para o inferno. Um dia chega ao banco a misteriosa Sra. Ganush implorando pela extensão do financiamento de sua casa própria. Christine nega o pedido para impressionar seu chefe, Sr. Jacks, e acaba sendo amaldiçoada pela velhota. Perseguida por um espírito do mal, ela busca ajuda do médium Rham Jas. Christine fará de tudo para sobreviver, desde sacrifícios até feitiços, mas nada poderá deter essa força maligna, resta esperar e ir para o inferno.

drag_me_to_hell11

CRÍTICA

Do mesmo produtor de 30 Days of Night (2007), 20,000 Leagues Under the Sea (ano indefinido), The Grudge (2004), The Evil Dead (1981 e 2010), Spider-Man 4 (2011), entre outros, DRAG ME TO HELL ou ARRASTA-ME PARA O INFERNO é um dos últimos trabalhos de Sam Raime, que dirigiu, produziu e escreveu esse longa de terror, um dos melhores filmes do gênero dos últimos tempos.

drag_me_to_hell03

Frequentemente as pessoas são atraídas por imagens, figuras, formas, fotos, cores, etc. Quando se coloca tudo isso em um pôster, peça promocional usada em diversos segmentos comerciais, inclusive o cinematográfico, cria-se uma identidade visual, cuja qual atrai milhares, até mesmo, milhões de pessoas por todo o mundo. No caso da industria cinematográfica, confeccionar pôsteres é uma das inúmeras ações que devem ser feitas para a estréia de um longa metragem, no entanto um pôster mal feito ou mal idealizado pode prejudicar o lançamento de um filme, bem como a conexão do público para com o mesmo.

“Arrasta-me Para o Inferno” chamou a atenção quando lançou o pôster oficial, deixando os aficionados por filmes e terror de cabelos em pé. Realmente o pôster, como mostrado abaixo, é fantástico e ao contrário da maioria dos pôsteres de filmes de qualquer gênero, esse faz jus ao filme.

drag-me-to-hell-poster

Não é de hoje que saímos do cinema sussurrando a velha e famosa expressão – “achei que fosse melhor” – tudo porque julgamos o filme pelo pôster, assim como julgamos o livro pela capa, as pessoas pela aparência, etc. Mas no caso desse filme, se você acha ou achou que filme era bom por causa do pôster, acertou!

Na verdade não é bom e sim excelente, faziam anos que eu não assistia a um bom filme de terror, desses que realmente mete um “puta medo do inferno”, com perdão das palavras e que prende agente do começo ao final. Com roteiro convencional e ainda assim atraente, efeitos especiais horripilantes e direção impecável, o filme é imperdível.

drag-me-to-hell

A personagem que mais chama atenção e nos deixa apavorados, além de enojados – depois que você assistir vai entender – é uma senhora chamada Sylvia Ganush que é interpretada pela atriz Lorna Raver. Qualquer das inúmeras feições que a atriz faz, nos deixa apavorados, seu personagem mete mais medo do que o personagem fictício ao qual a história é focada.

drag_me_to_hell103

Ainda em alguns cinemas, ARRASTA-ME PARA O INFERNO é uma ótima opção para os fãs do gênero, além dos sustos garantidos. Vale comentar que a atriz do cartaz não condiz com a atriz do filme, o que uma boa foto não faz! São as mesmas, porém no cartaz ela é selvagem e sexy, ao contrário da imagem passada no filme, de uma mulher frágil e confusa.

bom filme e bom sustos!
roberta vieira

http://www.dragmetohell.co.uk

http://www.dragmetohellmovie.com.au

http://www.dragmetohell.net

dmth_wp2_1280

 

ASSISTA AO TRAILER

¨

ASSISTA A OUTROS VÍDEOS

Anúncios

City of Ember – 2008 (Cidade das Sombras)

Um dos Filmes Mais Originais da Temporada!

city_of_ember_ver2 Direção: Gil Kenan

Com: Saoirse Ronan, Bill Murray, Tim Robbins, Mackenzie Crook, Martin Landau, Toby Jones, Mary Kay Place, Marianne Jean-Baptiste, Harry Treadaway, Liz Smith, Lucinda Dryzek, Kate Dickie, Simon Kunz, Frankie McCafferty, Ian McElhinney.

Local de Filmagem: Belfast Methodist College, Belfast, County Antrim, Northern Ireland, UK; Belfast, County Antrim, Northern Ireland, UK; Cave Hill, Belfast, County Antrim, Northern Ireland, UK; Harland and Wolff Paint Hall, Titanic-Quarter, Belfast, County Antrim, Northern Ireland, UK; Maysfield Leisure Centre – 49 East Bridge Street, Belfast, County Antrim, Northern Ireland, UK e Titanic-Quarter, Belfast, County Antrim, Northern Ireland, UK.

Produção: Tom Hanks e Gary Goetzman

Roteiro: Caroline Thompson, adaptação do livro homônimo do autor Jeanne Duprau

Fotografia: Xavier Pérez Grobet

Trilha Sonora: Andrew Lockington

Distribuidora: 20th Century FoxWalden Media e Playtone

Estúdio: Playtone e Walden Media 

Do mesmo diretor de “Monster House” (2006) ou “A Casa Mosntro“, Gil Kenan arriscou e agradou com o longa-metragem “City of Ember” ou “Cidade das Sombras“, que é seu segundo filme e com certeza um grande sucesso, já o roteiro ficou por conta de Caroline Thompson, a mesma que fez o roteiro de “The Secret Garden (1993)” ou “O Jardim Secreto“, que fora um grande sucesso na época.

Já a produção ficou por conta de Tom Hanks, e ele mostrou mais competência como produtor, do que como ator, já que Hanks é extremamente maçante como ator – no bom e no mal sentido – Hanks é do tipo “ame ou odeie”.

 city of ember 00 (2)

Com estréia prevista para 23 de Janeiro de 2009, “City of Ember” em português “Cidade das Sombras” é sem dúvida o filme mais original dos últimos seis meses, se não dos últimos dois anos, ainda que o título brasileiro, que por sinal,  muito mal escolhido não faz jus ao filme.

Apesar da procedência do longa metragem ser americana, existem alguns sites que destacaram em suas informações sobre o filme  que  “Ember” é uma palavra Hungariana que significa em inglês  “man”  e em português “homem“.

O filme foi feito na Irlanda do Norte, no estaleiro onde fora construído o set de filmagem do “Titanic“, que agora é a cidade das sombras com efeitos especiais e um cenário impecável.

city of ember 00 (4)

O enredo do filme nos conta a história de uma cidade construída e confinada no subsolo, que abriga uma comunidade pelos últimos 200 anos, protegendo-a de um desastre já ocorrido e que em momento algum é especificado no filme.

O longa, adaptação do livro homônimo do autor Jeanne Duprau, conta a história sobre a cidade de Ember, famosa por sua fantástica e eterna iluminação. De repente, um dos geradores de força começa a falhar, e as lâmpadas que iluminam a cidade passam a piscar. É quando dois adolescentes iniciam uma corrida contra o tempo para descobrir pistas que irão revelar antigos mistérios sobre a existência de Ember e ajudar os cidadãos da cidade a escaparem da escuridão eterna.

city of ember 00 (7)

No elenco temos Tim Robbins [Zathura: A Space Adventure (2005), War of the Worlds (2005) e Top Gun (1986)], que interpreta Loris Harrow um homem dedicado a ciência e tecnologia, um dos membros mais antigos da comunidade e pai de Doon Harrow, interpretado por Harry Treadaway [ The Disappeared (2008), Love You More (2008) e Brothers of the Head (2005)], um garoto que está prestes a descobrir o que vai fazer para o resto de sua vida.

city of ember 01

A Cidade de Ember tem um ritmo próprio, uma maneira única de viver no subterrâneo. As crianças, a partir de uma determinada idade recebem, do prefeito e sua cúpula, um cargo de trabalho, que deverá atender as necessidades da cidade, e esse cargo é para sempre. Diante disso Doon e sua amiga Lina Mayfleet, interpretada por Saoirse Ronan [Death Defying Acts (2007), Atonement (2007) e The Lovely Bones (2009)], se vêem desesperados em estarem presos a cidade para o resto de suas vidas, e aí então que começa a desenrolar toda a trama, onde os dois amigos buscam uma maneira de sair do subterrâneo e finalmente viverem sob a luz do dia, algo que eles nunca presenciaram em toda sua existência, não pelos últimos 200 anos, onde foram confinados nessa comunidade subterrânea chamada Ember.

city of ember 02

O longa conta ainda com Martin Landau [The Majestic (2001), The New Adventures of Pinocchio (1999), The Adventures of Pinocchio e Harrison Montgomery (2008)], que interpreta Sul, um homem idoso, cansado e que trabalha no gerador de energia da cidade  e Bill Murray [Get Smart (2008), Charlie’s Angels (2000) e Ghost Busters (1984)], que vive o Prefeito Cole, um homem misterioso e egoísta, que esconde da cidade a real situação dos mantimentos e do gerador de energia.

Segundo publicado pelo site Wikipedia, a recepção do longa-metragem pelos críticos foi bem variada, agradando uns e nem tanto outros. Foi relatado que 47% dos críticos deram opiniões positivas com base em 48 comentários.

city of ember 03

Dentro desse universo de comentários, houve um consenso de que o filme  visualmente prende a atenção e tem um magnífico elenco, mas, infelizmente, está faltando em ambos ação e aventura. De fato, o longa, apesar de ser muito bom, deixa a desejar quanto a intensidade da ação e aventura que é sentida apenas no contexto geral da história, ao passo que poderia ser visualmente mais aventureiro com aquele frenesi de filmes de ação estilo “indiana jones”, cheios de mistérios a serem descobertos e com personagens mais explorados.

city of ember 04

Depois de assistir ao filme, tem-se a sensação de que faltou mais, como um enredo mais profundo, mais explorado com relação aos personagens centrais, Doom e Lina, cujas histórias são bem superficiais, deixando passar apenas a idéia de dois adolescentes que querem salvar a cidade de um desastre fatal.

Mesmo assim o filme é digno de se enfrentar filas no cinema para assisti-lo, é uma história original, tem um visual super bacana e realmente agente fica ansioso para descobrir como sair da cidade.

bom filme!

roberta vieira

http://www.cityofember.com/

city of ember 00

Confira o trailer abaixo

[clearspring_widget title=”City Of Ember: Official Movie Widget” wid=”48279d3adab7b9f6″ pid=”49416cc5c8b5d9e5″ width=”365″ height=”325″ domain=”widgets.clearspring.com”]

 

(basta clicar “play” no centro da imagem acima)

Max Payne – 2008

Mais Um Fiasco de Wahlberg…

Layout 1 (Page 1) Direção: John Moore
Com: Mark Wahlberg, Mila Kunis, Beau Bridges, Ludacris, Donal Logue, Chris O’Donnell, Nelly Furtado.
Local de Filmagem: Bay Station – 64 Bloor Street West, Toronto, Ontario, Canada (subway); Hamilton, Ontario, Canada; Loblaws Warehouse, Toronto, Ontario, Canada; Toronto Film Studios, Toronto, Ontario, Canada (studio); Toronto, Ontario, Canada; Union Station, Toronto, Ontario, Canada e Yorkville, Toronto, Ontario, Canada.
Produção: Scott Faye, Julie Yorn
Roteiro: Shawn Ryan, Sam Lake, Beau Thorne
Fotografia: Jonathan Sela
Trilha Sonora : Marco Beltrami
Distribuidora: Fox Film
Estúdio: Abandon Entertainment/ Collision Entertainment/ Dune Entertainment/ Firm Films

Do mesmo diretor de “Flight of the Phoenix (2004)” ou “O Voo da Phoenix“, John Moore e a 20th Century Fox são os responsáveis por levar a história do gameMax Payne” para os cinemas. O jogo, lançado para PC em 2001, vendeu mais de 5 milhões de cópias nos EUA e em 2003 fora lançado a continuação para PC e consoles.

O game foi o primeiro a reproduzir o efeito “bullet time” criado por “Matrix”, o que deve promover a repetição do seu uso nos cinemas depois da trilogia dos irmãos Wachowski.

MAX PAYNE conta a história de um policial que decide agir por conta própria, decidido a encontrar os responsáveis pelo brutal assassinato de sua família. Obcecado por vingança, sua investigação o conduz por uma jornada alucinante, em um submundo sombrio. À medida que se aprofunda no mistério, Max interpretado por Mark Wahlberg [The Brazilian Job (2011), The Happening (2008) e  We Own the Night (2007)], se vê forçado a combater inimigos sobrenaturais e a enfrentar uma traição inimaginável.

Payne persegue seu maior inimigo ao lado de seus inimigos, que são inimigos de seu maior inimigo, confuso? Simples, Payne se junta à chefona da máfia Russa, Mona Sax, interpretada por Mila Kunis [Forgetting Sarah Marshall (2008), “That ’70s Show” como Jackie Burkhart e After Sex (2007)], juntos eles vão vingar a morte da família de Payne e da irmã de Mona, Natasha Sax, interpretada por Olga Kurylenko [Quantum of Solace (2008), Hitman (2007) e Paris, je t’aime (2006)].

max_payne_ver1

Max Payne vai agradar os fãs (jovens) do game, mas nem tanto os fãs do astro Mark Wahlberg que mais uma vez deixou a desejar bastante. O problema é a escolha do papel e do filme, como por exemplo em “Fim dos Tempos” [The Happening] em que além de seu personagem ser absurdamente ridículo, o filme é uma verdadeira bomba.

Ao contrário disso, Mas Payne não é de todo ruim, é um suspense standard, com muita ação e um enredo mal executado, com um ar noir e com um “Q” de ficção, que no final das contas é creditado às drogas – ponto mal explorado no filme.

max_payne_ver3

Max ou Mark tem pouquíssimas falas no filme, assim  como em “Fim dos Tempos” (The Happening), Mark só abre a boca para falar bobagens e de resto é só pancadaria, tiroteios, perseguições, alucinações e muito, muito mal humor por parte do personagem. Continuamos fãs de Mark e continuamos a acreditar que o próximo longa vai ser melhor, afinal ele já fez bons trabalhos antes.

max_payne_ver5

Vale comentar que a história foi mal explorada, particularmente eu não conheço o game, nunca joguei, mas existem outros filmes que foram baseados em games, como por exemplo os dois filmes de “Lara Croft: Tomb Raider (2001)” e “Lara Croft Tomb Raider: The Cradle of Life (2003)”, que são excelentes, básicos mas muito bem executados, ao contrário desse que tinha tudo para ser algo bem melhor do que realmente é. Confira nas salas de cinemas, é no máximo uma distração.

bom filme!

roberta vieira

http://www.maxpaynethemovie.com/

http://www.maxpaynefilme.com.br/

max_payne_ver2

Confira o trailer abaixo

Max Payne – 2008

 

Max Payne Kung Fu 3.0 – GAME

Blindness – 2008 (Ensaio Sobre a Cegueira)

Luz no Final do Túnel… 

blindness_ver3

Direção: Fernando Meirelles
Com: Mark Ruffalo, Julianne Moore, Yusuke Iseya, Yoshino Kimura.
Website oficial: www.ensaiosobreacegueirafilme.com.br
Estúdio: O2 Filmes / Rhombus Media / Bee Vine Pictures
Distribuição: 20th Century Fox Brasil / Miramax Films
Roteiro: Don McKellar, baseado em livro de José Saramago
Produção: Andrea Barata Ribeiro, Niv Fichman e Sonoko Sakai
Música: Marco Antônio Guimarães
Fotografia: César Charlone
Desenho de Produção: Matthew Davies e Tulé Peake
Direção de Arte: Joshu de Cartier
Figurino: Renée April
Edição: Daniel Rezende

Do mesmo diretor de Cidade de Deus (2002) e The Constant Gardener (2005), ambos os filmes nomeados ao Oscar, “Blindness” ou “Ensaio Sobre a Cegueira” está em cartaz nos cinemas dos principais estados brasileiros desde 12 de Outubro de 2008, e é o longa metragem com “um ambiente multiétnico bastante propício tanto ao caráter multinacional da produção quanto à universalidade da parábola de Saramago. Há personagens de três raças, atores de distintas latitudes e locações distribuídas entre três países.” (Brasil, Canadá e Uruguai) – trecho escrito por  CARLOS ALBERTO MATTOS (Uma Luz Forte, Mas Breve – 12/9/2008).

O longa trata uma inédita e inexplicável epidemia de cegueira que atinge uma cidade – que não fora identificada no filme. Chamada de “cegueira branca”, já que as pessoas atingidas apenas passam a ver uma superfície leitosa, a doença surge inicialmente em um homem no trânsito e, pouco a pouco, se espalha pelo país. À medida que os afetados são colocados em quarentena e os serviços oferecidos pelo Estado começam a falhar as pessoas passam a lutar por suas necessidades básicas, expondo seus instintos primários.

blindness

Nesta situação a única pessoa que ainda consegue enxergar é a mulher do médico – que não possui nome na história e é interpretada por Julianne Moore [Shelter (2009), Hannibal (2001) e The Forgotten (2004)], ela é esposa do Doutor – que também não possue nome na história, interpretado por Mark Ruffalo [Shutter Island (2009), Reservation Road (2007) e Zodiac (2007)], que é um médico oftalmologista e responsável pelo atendimento do primeiro infectado.

blindness-4

A mulher do médico não que ficar afastada dele durante a quarentena, sendo obrigada a permanecer no isolamento junto com o mesmo e com todos os infectados pela cegueira, o que é uma ironia, já que ela é a única pessoa que pode estabelecer qualquer ordem mínima no local.

O filme ainda conta com mais três nomes de peso, a brasileira Alice Braga [Redbelt (2008) e I Am Legend (2007)], o astro Gael García Bernal [Babel (2006) e Diarios de motocicleta (2004)] e Danny Glover [Saw V (2008) e Lethal Weapon 4 (1998)].

blindness_01_502

“Ensaio sobre a Cegueira” é uma obra literária de José Saramago,  famoso escritor português e para aqueles que já leram o livro, vale a pena assistir ao filme, não comparem filme com livro, são artes diferentes que propõe emoções diferentes, é a mesma história, mas contada sob o ponto de vista de Feranado Meirelles.

blindness_03

Excelente e muito diferente do que era esperado, mas extremamente interessante, prende do começo ao fim. Tem uma visão focada no grupo de pessoas em quarentena e não no caos da cidade. Isso torna a história misteriosa pois quase não vemos como a cidade e o mundo está lidando com o fato, do ponto de vista do caos.

blindness_04 

Estar cego em um mundo de cegos não torna as pessoas mais amenas, mais receptivas ou até mesmo mais humildes, ao contrário disso, as pessoas se tornam mais agressivas, obscuras e violentas.

Assistam, é uma boa pedida entre os lançamentos da temporada. Lembrem, não é um filme no estilo gringo americanizado, é um longa metragem limpo, sem efeitos e inclusive nenhum personagem tem nome!

bom filme!

roberta vieira

http://www.blindness-themovie.com/

blindness_ver10

Confira o trailer abaixo

[clearspring_widget title=”Widget” wid=”47f918fcf632a380″ pid=”491ee8a4c1f5d7e4″ width=”420″ height=”675″ domain=”widgets.clearspring.com”]

Eastern Promises – 2007 (Senhores do Crime)

eastern-promises-1 Já disponível em DVD, “Senhores do Crime” foi indicado ao OSCAR 2008 na categoria de “Melhor Ator”. O longa metragem não levou o prêmio, mas o responsável pela indicação foi o astro Viggo Mortensen que faz um trabalho fantástico no longa.

Eastern_27

Eastern_Promises_15

As sinopses publicadas na web estão erradas. Por tanto segue abaixo um texto correto e de acordo com o conteúdo do longa metragem.

Eastern_Promises_3

Eastern_Promises_28

Viggo Mortensen [The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring (2001), Daylight (1996) e Good (2008)] é um misterioso e carismático russo chamado Nikolai Luzhin que trabalha como motorista de uma das mais conhecidas famílias do Leste Europeu que atua no crime organizado de Londres. A família faz parte da irmandade do crime Vory V Zakone, dirigida por Semyon, interpretado por Armin Mueller-Stahl [The Thirteenth Floor (1999) e The X Files (1998)], proprietário do charmoso restaurante trans-siberiano, que encobre o núcleo frio e brutal da fortuna da família coordenada pelo inconstante e violento filho de Semyon, Kirill, interpretado por Vincent Cassel [Ocean’s Thirteen (2007) e Elizabeth (1998)], que é mais ligado a Nikolai do que a seu próprio pai.

Eastern_Promises_13 Eastern_Promises_40

Nikolai acaba cruzando o caminho de Anna Khitrova, interpretada por Naomi Watts [Funny Games U.S. (2007), King Kong (2005) e Divorce, Le (2003)], uma parteira que trabalha em um hospital ao Norte de Londres. Anna está terrivelmente aflita por causa da desesperada situação de uma jovem adolescente, que morreu ao dar à luz a seu bebê. Anna resolve tentar descobrir quem é a família do bebê, já que a jovem deixou em seus pertences um pequeno diário todo escrito em russo, possibilitando à Anna buscar respostas. A mãe de Anna, Helen, interpretada por Sinéad Cusack [V for Vendetta (2005)], não a desencoraja, mas o irascível tio russo, Stepan, interpretado por Jerzy Skolimowski [America (2008)] lhe aconselha a esquecer essa história e deixar o bebê para adoção, visto que ele já havia lido o conteúdo do diário.

Eastern_Promises_25

Eastern_Promises_50

E ele está certo ao fazer isso, pois, ao examinar o diário, Anna acidentalmente acaba se envolvendo com a fúria da irmandade Vory. Enquanto Semyon tenta manter as portas fechadas, Anna o pressiona cada vez mais com perguntas, e Nikolai acaba se interessando por Anna e logicamente pelo conteúdo do diário. O drama segue com Nikolai e seu envolvimento com a máfia russa e em paralelo, Anna tentando salvar o bebê sem família.

Eastern_Promises_62

Eastern_Promises_47

O filme não é sobre Anna e o bebê, e sim sobre Nikolai e seu papel dentro da máfia russa. Anna corre as margens da história, proporcionando a Nikolai uma porta de entrada para ser o próximo chefão da família Vory V Zakone. Se esse sites de filmes por aí na web assistissem aos filmes antes de publicar sinopses, ou ao menos algo mais resumido para não correrem o risco de publicar textos errados, não teríamos tanto lixo por aí!

Wallpaper004

O foco é em Viggo, daí sua indicação ao OSCAR 2008, ele realmente incorpora o personagem, seu corpo nu aparece durante uma briga e ele está muito magro e cheio de tatuagens (feitas para o filme) que chega a impressionar. Vale comentar que Viggo se deixa filmar todinho, o que nos rende boas cenas de suas partes íntimas.

Viggo-Nikolai-Eastern Promises 2007 tatoo Viggo-Nikolai-Eastern Promises 2007

Engraçado, pois se uma atriz faz isso, nunca mais ela consegue um bom papel, já um homem, um ator que mostra seu piu piu, acaba sendo indicado ao Oscar… Não estou tirando o mérito de Viggo, realmente ele fez por merecer, mas que ele mostra tudo, ah ele mostra!

O longa é excelente e prende nossa atenção, ele não se aprofunda em nenhum personagem, tornando a história dinâmica e interessante.

Confira o trailer ao lado.

bom filme!

roberta vieira

http://www.easternpromisesthemovie.co.uk/

Eastern_Promises_59

Mirrors – 2008 (Espelhos do Medo)

mirrors_ver4 Com estréia prevista para o dia 17 de Outubro de 2008, reserve já seu lugar nas melhores salas de cinema do país, pois o filme é muito bom e pede ser assistido nos cinemas, afinal de contas é um terror de meter medo mesmo!

Alexandre Aja foi o diretor que dirigiu o filme The Hills Have Eyes (Viagem Maldita 2006), e agora traz para nós o aterrorizante Mirrors (Espelhos do Medo) que conta a história de um ex-policial que precisa salvar a família de um mal inominável que está usando espelhos como entrada para o nosso mundo.

Vale comentar ainda que em 2009 esse mesmo diretor nos trará o longa metragem em 3D “PIRANHAS”, não,  não é um pornô e sim o famoso filme das piranhas, o Remake das Piranha (1978) (more) que atacam as pessoas, lembram? Confira [Piranha 3-D (2009) (pre-production)].

girl in the mirror - mirrors 2008 01

girl in the mirror - mirrors 2008

Ben Carson, interpretado por Kiefer Sutherland [Monsters vs. Aliens (2009), The Sentinel (2006) e “24” como Jack Bauer] já teve dias melhores. Ben se afastou no posto de detetive de policia por ter acidentalmente matado um policial a paisana. Desde esse episódio, Ben tem bebido todos os dias e deixou sua família e fora morar com sua irmã, que é vivida pela jovem atriz Amy Smart [Just Friends (2005) e Seventh Moon (2008)].

michael and mother_mirrors 2008

sister mirrors 2008

Desesperado para retomar sua vida com a família, Carson aceita um emprego como vigia noturno em um prédio muito antigo, mas que por dentro encontra-se em ruínas devido ao incêndio que levou as vidas de muitos inocentes. Enquanto patrulha os resquícios escurecidos e sombrios da loja, ele começa a notar algo sinistro nos grandes espelhos que adornam as paredes da loja.

security guard mirrors 2008 02

security guard mirrors 2008 01

O filme é excelente, digo isso, pois faz tempo que não assisto a um filme de terror bom, daqueles de pregar na gente um big susto. É com certeza imperdível, o longa é bem feito e bem executado, tem uma história que vai envolvendo agente em puro nervoso, não é um desses filmes de terror sem fundamento, tipo fantasmas que saem do espelho do nada, não é. Na verdade tem um enredo muito bem bolado e o final é de matar, agente sai amargurado de saber a merda que o personagem se meteu, bom, com certeza deverá haver uma continuação com esse final.

E logo abaixo, veja um pedaço da cena da boca, somente aqui no www.robertavieira.com.br para você ter um gostinho do que vai assistir nas telonas. Veja que quem está fazendo isso é o reflexo dela no espelho, pois a garota está na banheira e…

sister open all mirrors 2008-3

sister open all mirrors 2008-5

sister open all mirrors 2008-2

sister open all mirrors 2008

sister open all mirrors 2008-4

Confira o trailer ao lado.

bom filme e bom susto!

roberta vieira

http://www.mirrorsmovie.com/

MIRRORS

Dragon Hunters / Chasseurs de Dragons – 2008 (Caçadores de Dragões)

chasseurs_de_dragons

Direção: Guillaume Ivernel, Arthur Qwak
Produção: Philippe Delarue, Tilo Seiffert
Roteiro: Frédéric Lenoir, Arthur Qwak
Trilha Sonora: Klaus Badelt
Distribuidora: Imagem Filmes
Estúdio: Futurikon/ Luxanimation/ Trixter Film

Em cartaz nos cinemas essa ótima pedida para as crianças, e para os malucos por animação, não deixem de assistir. De origem francesa, o longa é excelente e poderá ser assistido em inglês, dublado ou em francês (dependendo do país). Nos cinemas brasileiros o filme está dublado, o que é bom para os pimpolhos.

A história é muito legal, em um futuro distante e devastado, o mundo tornou-se um conglomerado de ilhas de vários formatos e tamanhos. Os habitantes são vagabundos e marginais que seguem duas regras: comer e não ser comidos. Além deles há também estranhas criaturas. Zoe é uma menina que acredita em contos de fadas, mas especificamente no conto do Cavaleiro Prateado e para ajudar seu tio, Lorde Arnold a se livrar de um terrível dragão, ela decide encontrar alguns heróis como aqueles encontrados em seus livros.

dragon_hunters 22

fazendeirosjpg

Durante sua curta jornada, ela conhece Guisdô e Lian-Chu, que a salvam de dois dragões elétricos e que acabam sendo confundidos com verdadeiros Cavaleiros e caçadores de dragões, que por incrível que pareça, suas únicas ambições na vida é comprar uma fazendinha tranqüila e pendurar as chuteiras…

verme

verme2

Forest Whitaker [Street Kings (2008) e Vantage Point (2008)] interpreta (voz) Lian-Chu o guerreiro aventureiro que faz crochê e mata pequenos dragões e vermes nas fazendas.  A animação é muito bem feita, os personagens são únicos, a riqueza de detalhes é fantástica, com certeza é um dos melhores e mais bem feitos filmes de animação que eu já vi nos últimos tempos. Vale comentar que essa animação é uma adaptação da série de TV animada produzida na França.  A trilha sonora do filme é muito bonita, são melodias lindas.

lian-chu2

servo

FYI – Já existe o game do filme, é da marca NINTENDO.

dragon_hunters game

Feliz Natal!

bom filme!

roberta vieira

http://www.dragonhunters-themovie.com/

lian-chu e guisdo

http://www.chasseursdedragons-lefilm.fr/

tio

Para as mamães:

Liberado para as crianças! levem as crianças para assistir, é muito legal para mulecada, uma diversão e tanto! Mesmo tendo monstros, não assusta, são bem amigáveis.

Confira o trailer a abaixo.

Caçadores de Dragões (DUBLADO)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Chasseurs de Dragons – 2008 (Francês)