Arquivo

Posts Tagged ‘John Malkovich’

Changeling – 2008 (A Troca)

Angelina Jolie Deixa Agente de Coração Apertado…

changeling 

Direção: Clint Eastwood
Com: Angelina Jolie, John Malkovich, Michael Kelly, Jeffrey Donovan, Jason Butler Harner, Devon Conti, Amy Ryan.
Local de Filmagens: Daniel Webster Elementary School – 2101 E. Washington Boulevard, Pasadena, California, USA; Lancaster, California, USA; Long Beach, California, USA; Los Angeles, California, USA; Pasadena, California, USA; San Bernardino, California, USA; San Dimas, California, USA; Santa Fe Railroad Depot – 1170 W. 3rd Street, San Bernardino, California, USA – (Train Station); Universal Studios – 100 Universal City Plaza, Universal City, California, USA – (studio) e Vermont, USA
Trilha Sonora – Clint Eastwood
Produção: Clint Eastwood, Brian Brian Grazer, Ron Howard, Robert Lorenz
Roteiro: J. Michael Straczynski
Fotografia: Tom Stern
Distribuidora: Paramount Pictures Brasil
Estúdio: Imagine Entertainment/ Malpaso Productions

Por ser baseado em fatos reais, vou esclarecer os alguns eventos dessa história que fora mal escritos nas sinopses e caso você tenha interesse em se informar sobre o ocorrido, antes de assistir ao filme, acesse o site Wikipedia e leia sobre os fatos.

changeling_2_1680

As sinopses desse filme em alguns sites de cinemas ((UCI)) e sites de críticas  estão erradas – A mãe do garoto não desconfia que ele não é seu filho, ela sabe realmente que ele não o é por fatos que serão revelados durante a história. Em nenhum momento ela fica na dúvida, desde o reencontro, Christine sabia que o garoto não era seu filho. Outro fato é que o reverendo não ajuda realmente a encontrar o filho dela, e sim ele a ajuda a superar o drama todo, bem como processar a polícia de Los Angeles.

changeling_001

Escrito por J. Michael Straczynski – criador da série “Babylon 5” e produzida por Brian Grazer – produtor do longa metragem Frost/Nixon – 2008 (POSSÍVEL indicação ao oscar 2009) –  o filme foi baseado em fatos reias e conta o trágico drama de  Christine Collins, interpretada por Angelina Jolie  [Wanted (2008), A Mighty Heart (2007) e Mr. & Mrs. Smith (2005)],  que é uma mãe que luta com todas as suas forças para que seu filho Walter, interpretado por Gattlin Griffith [“Eli Stone” como Young Eli] retorne para casa. O menino foi seqüestrado – não se sabe se de dentro de sua casa e nem em que horas ocorreu o rapto – em um sábado, após ela ter saído para trabalhar.

changeling_3_1680

Após meses de buscas intensas, finalmente a polícia de Los Angeles, sob a liderança do inescrupuloso capitão da Força, Capt. J.J. Jones, interpretado por Jeffrey Donovan [“Burn Notice” como Michael Westen, Book of Shadows: Blair Witch 2 (2000) e Sleepers (1996)],   encontra o garoto.

changeling_4_1680

Mas algo está errado, Christine sabe de fato que ele não é seu filho verdadeiro e passa a infernizar a vida do capitão da polícia de Los Angeles, alegando que houve um erro por parte da polícia ao identificarem seu filho. Com provas físicas e testemunhas a seu favor, Christine vai a público e acusa a polícia da troca da criança e pede que as buscas continuem.

changeling-jolie-05

Com a ajuda emocional e política do reverendo Briegleb, interpretado por John Malkovich [Burn After Reading (2008), Afterwards (2008) e Con Air (1997)],  Christine enfrenta uma rede de corrupção e luta para descobrir o que aconteceu com seu filho.

Indicado ao Globo de Ouro 2009 nas categorias “melhor atriz” e “melhor trilha sonora”, Changeling deve ser indicado ao OSCAR 2009 – especulação – para mais de uma categoria.

O filme é excelente, por ser uma história baseada em fatos reais, agente se envolve profundamente com a personagem de Jolie e como ela, ficamos inconformados com o absurdo que foi feito em relação ao caso.

O roteiro é muito bem executado, a fotografia, trilha sonora e direção juntos formam um tremendo filme. É com certeza uma das melhores atuações de Angelina Jolie, mas acredito que os créditos devam ir mesmo para o astro Clint Eastwood, que como ator ou diretor é impecável, sem dúvida ouviremos falar desse longa na noite do OSCAR 2009 – se não será uma injustiça.

Uma curiosidade que está me matando é sobre o desfecho “real” do drama, afinal o menino foi algum dia achado?

Assista ao longa e você vai entender a minha curiosidade e não eu não contei o final!

Feliz Ano Novo!

bom filme!

roberta vieira

www.changelingmovie.net/

www.changelingmovie.co.uk

http://www.latimesinteractive.com/advertising/changeling/Changeling-V4.html

changeling_5_1680

Confira o trailer abaixo.

Changeling – 2008 (A Troca)

Burn After Reading – 2008 (Queime Depois de Ler)

Comédia Inteligente Com Elenco de Primeira, Imperdível!

burn_after_reading

Direção: Ethan Coen e Joel Coen
Com: George Clooney, Frances McDormand, John Malkovich, Tilda Swinton, Brad Pitt e Richard Jenkins
Local de Filmagem: Bronx Community College – University Avenue at West 181 Street, Bronx, New York City, New York, USA, Brooklyn Heights, Brooklyn, New York City, New York, USA, New Rochelle, New York, USA, New York City, New York, USA, Paramus, New Jersey, USA, Steiner Studios – 15 Washington Avenue, Brooklyn Navy Yard, Brooklyn, New York City, New York, USA, Times Square, Manhattan, New York City, New York, USA e Washington, District of Columbia, USA.
Produção: Mike Zoss Productions e Working Title Films
Roteiro: Ethan Coen e Joel Coen
Fotografia: Emmanuel Lubezki
Distribuidora: Paramount

O primeiro filme dos irmãos Ethan Coen e Joel Coen depois da consagração com o longa-metragem “No Country for Old Men (2007)” ou “Onde os Fracos não Têm Vez”, entre outros – Paris, je t’aime (2006) e Fargo (1996), liderou com 19,40 milhões de dólares, recorde de abertura para os cineastas e estréia dia 28 de Novembro de 2008 em todo território nacional. Vale comentar que esse longa estava em cartaz no Rio de Janeiro International Film Festival, desde 26/09/2008 e ficou até 09/10/2008.

O longa conta a história de um agente da CIA, Osbourne Cox, interpretado por  John Malkovich [Eragon (2006), Johnny English (2003) e Con Air (1997)], que é demitido e para descontar toda sua frustração pela falta de reconhecimento da CIA, ele resolve escrever um memorando com toda sua experiência em analisar dados para mesma.

Sua esposa, Kate Cox, interpretada por Tilda Swinton [The Chronicles of Narnia: Prince Caspian (2008), Michael Clayton (2007) e The Beach (2000)], por outro lado é uma médica bem sucedida, mas que tem um caso com um amigo do casal e que trabalha para o governo,  Harry Pfarrer, interpretado por George Clooney [Michael Clayton (2007), Ocean’s Thirteen (2007) e Syriana (2005)].

burn_after_reading_ver6

Kate procura seu advogado para entrar com pedido de divórcio e para dar inicio aos procedimentos, ela dá a ele o balanço financeiro do casal que está no mesmo CD do memorando de Osbourne, seu marido, que não faz uma puta idéia do divórcio.

burn_after_reading_ver7

Esse CD vai parar nas mãos da secretária do advogado para análise, no entanto a mesma freqüenta uma academia onde trabalham, Linda Litzek, vivida por Frances McDormand [Æon Flux (2005), North Country (2005) e Something’s Gotta Give (2003)], e Chad Feldheimer, vivido por Brad Pitt [Ocean’s Thirteen (2007), Babel (2006) e Meet Joe Black (1998)], duas pessoas lunáticas que encontram o CD e armam a maior confusão.

burn_after_reading_ver9

O filme é excelente e hilário: Chad só quer devolver o CD; Linda quer chantagear Oz para ganhar uma grana para fazer um monte de cirurgias plásticas que seu seguro saúde negou – Oz não admite a chantagem e ela leva o CD para Embaixada Russa… Clooney é viciado em sexo e come todo mundo no filme, menos a mulher dele; Oz é um fracassado que mal aparece na história; O governo americano, juntamente com a embaixada Russa ficam na maior neura por causa do CD, que no final das contas, não passa de um balancete financeiro.

burn_after_reading_ver5

Tem um senão no filme, o real conteúdo do CD fica no ar, não é muito esclarecido de como o memorando de OZ está no mesmo documento do balancete financeiro do casal, ou seja, no mesmo .doc, e no mesmo CD… E também por que a secretária enfiou esse CD na bolsa…

Tirando isso, o filme é muito bom, não é uma comédia para rir alto, mas é daquelas que agente pensa –  nossa que merda esses caras fizeram (na história), é bastante diferente e bem dinâmico, se não prestar a atenção, perde o fio da meada… Vai ver eu comi bola com o lance do CD! Bom se alguém quiser, comentem!

bom filme!

roberta vieira

http://www.filminfocus.com/focusfeatures/film/burn_after_reading

burn after

Confira o trailer abaixo

Burn After Reading – 2008 (Queime Depois de Ler)